Conheça NOSSOS Artistas! – Gestão e negócios

CONHEÇA NOSSOS
Artistas!

Universo Casuo

Espetáculo circense que reúne música, performance, humor e poesia num só Universo.

SOBRE

Idealizado pelo artista Marcos Casuo – o único brasileiro que chegou a ser protagonista do espetáculo Alegria do Cirque du Soleil –, o Universo Casuo resgata a excelência da arte circense, inovando a cada evento e incentivando novos empreendedores e futuros líderes.

Tom Cavalcante

Espetáculo de humor

SOBRE

Um dos maiores humoristas do Brasil, Tom Cavalcante carrega o raríssimo dom de captar a essência do comportamento humano de cada indivíduo e traduzi-la com absoluta riqueza de detalhes nos gestos, no olhar e na reprodução da voz. Entre criações próprias e imitações, já deu vida a mais de duzentos personagens.

Luiza Possi

Show musical.

SOBRE

Luiza Possi traz o talento em seu DNA. Filha de uma das maiores cantoras da MPB – Zizi Possi –, Luiza marcou a passagem entre a MPB tradicional e a nova geração de artistas brasileiros. No meio dessa inovação musical, encontra-se uma cantora original, talentosa e versátil. Dona de uma voz apurada, ela passeia por ritmos que vão do pop ao jazz.

Família Lima

Show musical

SOBRE

Formada em 1994, a Família Lima é uma história de sucesso. Atualmente, o grupo musical é formado pelos irmãos Lucas Lima, Amon-Rá e Moisés e o primo Allen. Sempre buscando uma sonoridade única, esses talentosos artistas seguem entretendo plateias do mundo todo com sua singular fusão de música erudita e estilos variados – como pop, rock e música eletrônica.
emerson

Emmerson Nogueira

Show musical

SOBRE

Conhecido por sua inconfundível voz rouca, Emmerson Nogueira é intérprete, multi-instrumentista, compositor e produtor musical. São mais de 18 anos de carreira e um projeto que se tornou fenômeno fonográfico, rendendo 12 álbuns de expressivo êxito comercial e de crítica, o Versão Acústica. Nos shows, Emmerson é acompanhado de uma banda e se apresenta tocando violão, interpretando versões dos clássicos do rock internacional e de compositores brasileiros – além do solo de viola caipira que, invariavelmente, arrebata a plateia. Uma apresentação em que a energia do palco transborda e contagia o público.